SJCampos sedia a primeira edição do Maker Day Brasil Em 29 de setembro, Espaços Americanos de 15 cidades brasileiras participam simultaneamente da primeira edição do evento nacional que visa estimular a cultura maker no país

O movimento maker já está muito presente na rotina do brasileiro. É possível encontrar referências aos adeptos à “mão na massa” em várias ocorrências do dia a dia. Essa proposta já é vista em salas de aula, empresas, restaurantes e em diversos ambientes, dentro e fora de casa. Nas escolas e centros educacionais mais avançados, já existem espaços específicos dedicados a essa prática: são os makerspaces.

Com o apoio da Embaixada dos Estados Unidos, o ICBEU SJCampos, em parceria com outros Espaços Americanos no Brasil, tomou a iniciativa de realizar o primeiro Maker Day Brasil. Preparados para o futuro e antenados às inovações, esses Centros Binacionais, ou Espaços Americanos, se juntam no próximo dia 29 de setembro de 2018 para um evento simultâneo em mais de 15 cidades, onde serão apresentadas iniciativas de makers locais com workshops, palestras e muitos participantes expondo seus trabalhos e projetos em um dia inteiro voltado para eles.

Propecia is prescribed for the treatment of the androgenic alopecia related to the hormone disorders. You are to start using Valtrex as soon as you notice the first signs of herpes infection. this Accutane is used for most skin diseases in which the main role is the derivatives of Vitamin A: acne, seborrhea, acne disease of the different site and severity level, etc.

Começando às 9h na unidade Adhemar de Barros do ICBEU, a programação conta com diversos workshops simultâneos de duração aproximada de 50min cada. Novos grupos iniciarão às 10h e 11h da manhã. Todas as oficinas serão gratuitas, abertas ao público, mas sujeitas à lotação por ordem de chegada.

Simultaneamente, cada cidade participante apresentará sua programação local com atrações e dinâmicas diferentes voltadas para a fomentação do movimento maker. Para ninguém ficar de fora, e garantindo uma integração dos Espaços Americanos participantes, o ICBEU transmitirá parte da programação de outras cidades em um telão.

O evento é totalmente gratuito e aberto ao público. “Possibilitamos o acesso dos alunos às novas tecnologias, estimulando a criatividade e o desenvolvimento dos processos cognitivos, sociais e afetivos como forma de inclusão social e tecnológica, criando a oportunidade para o aluno montar, desmontar e fazer funcionar o seu projeto. A integração de várias áreas de conhecimento e seu compartilhamento entre pares é muito importante para o movimento maker”, explica Paula Ferreira, bibliotecária e assistente do Maker Space ICBEU.

“Seja convidando nossos alunos para colaborar em um projeto de toda a escola, representar um conceito importante na forma de um objeto criado ou participar de um desafio STEAM de pequena colaboração, pretendemos promover um ambiente onde a criatividade possa prosperar e ideias possam ser exploradas. Nosso objetivo é capacitar os jovens, não apenas em inglês mas em todas as outras habilidades, preparando-os para um mundo que precisa de solucionadores de problemas, que sejam criativos com habilidades sutis para colaborar com pessoas de diferentes origens e assumir problemas complexos que parecem estar mudando a todo momento. Este é um mundo que precisa de makers mais do que nunca! É fazendo, de pouco em pouco, encontrando soluções com colegas e usando as ferramentas disponíveis, que as pessoas descobrem sua voz. Nem todos nós vamos ser engenheiros ou designers, mas somos todos somos cidadãos deste mundo e, juntos, somos responsáveis por começar a resolver seus problemas, uma coisa por vez. A realidade é que somos todos makers!”, explica Danielle Hersey, professora e coordenadora do Maker Space ICBEU.